sexta-feira, outubro 10, 2008

Noites de serviço, parte 2

(Note-se que nas noites de serviço, eu atendo o pessoal por um pequeno postigo protegido por vidro à prova de bala)


Mulher (aparentemente normal): Um Motilium, por favor.
Robene: Vou ter de lhe cobrar taxa se não tem receita.
Mulher (ou a sua dupla personalidade): Filhos de uma puta!!!#$%"&!/. Cabrões do Caralho. É o estado não é? É esse paneleiro do Sócrates!!!%&#$"%...
Robene (visivelmente sem palavras, coisa rara): Hum...pronto, pronto. Quanto é que tem aí?
Mulher (ou a sua tripla personalidade): 10 euros. Obrigado meu rapaz. Se este vidro não nos separasse (enquanto diz isto desliza com as mãos pelo vidro), eu agradecia-te pessoalmente.

Eu acho que devia era receber um subsídio por ter uma profissão de risco.

8 comentários:

KITTY disse...

Que mulher tão marada!

*BJS*

MaRiE disse...

LOLOLOLOLOL!!! Imagina-te com ela. Era uma loucura só. Tres em um! LOLOLOLOL!!

Joanissima disse...

Róbene, eu tenho a dizer que, no meio da sua multipersonalidade, a senhora tem razão.
Sim, a culpa é do estado. Sim, esse paneleiro do sócrates. Sim, o país devia agradecer-te (todo) pessoalmente.

E então agora com musculos-de-pôr-a-um-canto-qualquer-tarzan-taborda... ui, ui...

jacare disse...

Mas tu vendes medicamentos sujeitos a receita médica por preços negociáveis?

Que maravilha!

Anónimo disse...

Róbene, um favor à humanidade:FILMA-ME ESSA MERDA!!!!!!é que por mt bem que descrevas, não tem o mesmo impacto!Mas donde surge esse pessoal???acorda de noite com essas ideias??
ji, PUSSISSI

William disse...

afffffffffff
Robene, vende me um viagra e um prozac com taxa reduzida!
Paneleiro do Sócrates eh o melhor!!
Mas diz a ela que as influencias do Kant e do Platao sao maiores nas ideologias determinantes dos vieses juridicos do Estado pós moderno...

Miss Kin disse...

A bipolaridade anda por aí!

(e ñ sai à rua só à noite!)

Maria Manuela disse...

Motilium ??? Isso serve para quê ???


:)