terça-feira, novembro 18, 2008

Interview with the vampires

E o que é que eu respondo quando me perguntam : «Se eu fosse seu amigo íntimo, como o descreveria?».
Foda-se. Não podia dizer «Epá, o Robene é uma verdadeiro Deus entre os homens, a minha tristeza só se apaga na presença desse verdadeiro Jesus Cristo versão 2008. Na verdade sonho secretamente um dia roubar-lhe esperma para inseminar a minha futura esposa e ter pequenos Robenes com o meu apelido».
Ia parecer demasiado pretencioso, (embora totalmente verdadeiro).
Em vez disso sussurei um: «Que sou engraçado e fiel». Ou seja, os meus amigos pensam que eu sou um cão, portanto.

E sim, devia ter ido de fato.

5 comentários:

Anónimo disse...

Robene...bem vindo ao verdadeiro mundo das entrevistas da treta!
a verdadeira bandalheira do mundo do trabalho, onde as entrevistas sao o que sao porque os lugares ja estao ocupados!!!
lol

Caroxa

Pusissi disse...

Estavas verdadeiramente inspirado, sério, ó mestre róbene!!!
Claro que te considero o buxito cá da malta, muitas vezes quando ouves "róbene", é na verdade o pessoal a fazer aqueles barulhos para chamar a atenção dos melhores amigos do homem!!
E se é verdade, porque te deves envergonhar?Se não te contratarem, eles é que perdem!!
ji

Maria Inês disse...

Podia ter sido pior... não?

Estrela Cadente disse...

Gostei do blog, vou visitar mais vezes.autorização concedida?Beijo

Tony disse...

E aposto que estiveste com akele sorriso colgate, kal vendedor da Zara, sempre k respondias a algo.... e n digas k n pois tds fazemos isso..... é estupido e inconsciente, mas fazemos... E até podias ser o JC mas kem faz a entrevista é lucifer...... lol