domingo, setembro 28, 2008

Voltei, Voltei. Voltei de lá.

Análise exaustiva das minhas férias:

BERLIM
Gajas: Todas um bocado horrorosas, mal vestidas, e pior, mais altas que eu!

Casas de banho: Proponho mais casas de banho ali junto às Portas de Brademburgo. Depois de percorrer o Starbucks, e o Dunkin'Donuts, só consegui aliviar o cagalhão português numa Hagen-Das (ou lá como se escreve esta merda, estou preguiça de pesquisar no google).

VARSÓVIA
Gajas: Incrivelmente boas. E têm discotecas com pole-strips, onde todas se agarram e dançam como se fossem do rancho das coelhinhas (programa a seguir com atenção na sic radical). Ou então fui eu que fui às discotecas erradas (ou certas, tudo depende do ponto de vista).

Casas de banho: Nada más. Consegui soltar o ADN castanho português várias vezes ao longo de Varsóvia inteira.

CRACÓVIA-AUSCHWITZ
Gajas: Boas. Mais uma vez as discotecas estão cheias de gajas que dançam agarrando a cabeça com a mão, abanando os cabelos ao ritmo do Tumz-Tumz. Cervejas de meio litro fazem com que ache que todas as polacas são a Eva Herzigova.

Casas de banho: De um modo geral boas, mas apanhei uma que cheirava a vómito que fedia. O que não me impediu de libertar as entranhas de todas as salsichas e pierogis que andei a morfar. Especialmente depois de ver as casas de banho em que os judeus cagavam nos campos de concentração.

VIENA
Gajas: Não há gajas em Viena. O País susbsiste com casais homosexuais que adoptam crianças vindas do Botswana.

Casas de banho: Depois de ver uma cidade em que cada edifício é um monumento imponente, estava à espera que no mínimo quando descarregasse o autoclismo começasse a soar a 5º Sinfonia do Beethoven. Tal não aconteceu. Fiquei algo desapontado.

E agora...de volta à vida real.

6 comentários:

Anónimo disse...

Tou a ver que as tuas férias foram apenas para observar gajas,discotecas e casas de banho!...boa esolha...que se foda os monumentos, museus, cultura! :P

DANI

ZaniNE disse...

Bem vindo ao Tugal!!!

Já aprendi uma coisita só de ler o post: não puxar o autoclismo em Viena. Sim, porque depois de ouvir (cá) o Estupidamente Apaixonado do Toy cada vez que vou arrear, são falhas que não são admissíveis!!!

Bigado pela dica. Já disse bem vindo de volta?!

Maria Inês disse...

welcome back! =)

Robene disse...

Gracias a todos! :)

Pusissi disse...

Ah, róbene...de facto, uma falha não teres vindo a Charleroi!!Como disse um colega meu ainda ontem "sexo na bélgica???já olhaste bem para as mulheres belgas??bahhh..."...sim, isto foi um vómito.
Quanto às casas de banho, podias sempre vir a minha casa, ainda que o autoclismo seja dos anos 70!
ji, até breve

jacare disse...

As tuas análises minuciosas fascinam-me. :)