segunda-feira, Janeiro 12, 2009

Todos os nomes

Reparo que hoje em dia todos os miúdos que nascem são baptizados com:

Miúdos:
Santiago
Afonso
Rodrigo

Miúdas:
Matilde
Constança
Beatriz

Estamos portanto a criar uma geração de betinhos.
Onde estão aqueles nomes com pinta como Cátia Vanessa e Paulo Alexandre? Ou ainda Robene?
Na verdade, eu estive quase quase a chamar-me por outro nome. Reza a lenda que quando eu nasci, os meus pais apressaram-se para o registo para me porem o nome mais cool e com estilo do planeta: Tony. Sim, era suposto eu chamar-me Tony.
Para grande infelicidade da minha mãe, no registo apenas aceitavam Toni, e os meus pais acharam que Toni com I, não era foleiro o suficiente para me arruinar para o resto da vida. Tivessem aceite, e hoje em dia era uma fusão de filho do Tony Carreira com um episódio dos Gato Fedorento.
Por outro lado eu até fiquei com um nome mais ou menos invulgar, a julgar pelos meus contemporâneos: metade dos gajos chamam-se Luís Miguel, a outra metade João qualquer coisa.
Já todas as minhas primas mais velhas, hoje em dia com 30 e tais anos têm como segundo nome Cristina. Ele há Paulas Cristinas, Isabéis Cristinas, Carlas Cristinas, Cláudias Cristinas.
E se a verdade é que a variedade não imperava, pelo menos eram nomes que não precisavam de ser usados na terceira pessoa...

2 comentários:

Pusissi disse...

Apoiado róbene!!!Nomes invulgares forever!!É que realmente eu odeio cristina e luís...e paulo...e também não vou muito à bola com joão...mas CÁTIA VANESSA, ora aí está um nome!
Fiquei com vontade de fazer criancinhas;);)
ji

Robene disse...

Pusissi cá te espero pá semana. Traz-me guylians tás a ouvir?