quarta-feira, abril 02, 2008

-sexual

Aos 25 anos, os meus pais tinham já uma filha de 5 anos, e preparavam-se para fabricar um dos seres mais perfeitos do planeta, que brotaria daí a 5 anos para trazer sorrisos patetas e orgasmos de meia hora à população feminina deste planeta.

Aos 25 anos, eu vivo com mais dois homens de 28 e 25 anos. Isto seria muito giro, se eu me chamasse Claúdio Ramos e precisasse de exercitar o períneo todas as noites. Não é o caso.
Na verdade, jovens amigos do mesmo sexo a viverem juntos em início de carreira é um fenómeno que começa a ser amplamente comum nos dias de hoje. Mas que traz graves problemas:

(Situação inspirada em factos verídicos, que ainda estão por acontecer)

Ela: Depois de ouvir esta música do Lenny Kravitz, estou totalmente molhadinha. Vamos para tua casa?
Robene: Não podemos. O M. está a dar uma jantarada.
Ela: Espera lá. Tu vives com um homem?
Robene: Não. Vivo com dois.

Coisas destas não podem acontecer. Por isso tal como os homosexuais no armário inventaram essa coisa de metrosexuais, o Xarope pá tosse orgulha-se de ser o primeiro blog a padrinhar designação para este novo fenómeno.
Assim para que não hajam dúvidas quanto à orientação sexual dos jovens que vivem com amigos do mesmo sexo, estes passarão a ser chamados de «jovens-machos-que-em-virtude-de-não-terem-dinheiro-que-chegue-pa-viverem-sozinhos-vivem-com-amigos-mas-são-totalmente-heterosexuais-e-têm-mais-força-na-verga-do-que-aquela-que-podes-imaginar-querida-bora-mas-é-dar-uma-sexuais»

Assim o diálogo acima seria qualquer coisa do género:

Ela: Depois de ouvir esta música do Lenny Kravitz estou totalmente molhadinha. Vamos para para tua casa?
Robene: Não podemos. O M. está a dar uma jantarada.
Ela: Espera lá. Tu vives com homem?
Robene: Sim. Sou um «jovem-macho-que-em-virtude-de-não-ter-dinheiro-que-chegue-pa-viver-sozinho-vivo-com-mais-amigos-mas-sou-totalmente-heterosexual-e-tenho-mais-força-na-verga-do-que-possas-imaginar-querida-bora-mas-é-dar-uma-sexual»
Ela: Ai possui-me por trás.
Robene: Pode ser. Mas só se nunca mais ouvires Lenny Kravitz.

5 comentários:

Anónimo disse...

Sou um «jovem-macho-que-em-virtude-de-não-ter-dinheiro-que-chegue-pa-viver-sozinho-vivo-com-mais-amigos-mas-sou-totalmente-heterosexual-e-tenho-mais-força-na-verga-do-que-possas-imaginar-querida-bora-mas-é-dar-uma-sexual». Tem piada, mas é muito facilmente desmontável.:)

Pusissi disse...

Será que isso resulta pra mulheres? é que daqui a uns meses serei uma jovem-fêmea-que-em-virtude-de-não-ter-dinheiro-pra-viver-solita-viverei-com-mais-amigas-e-até-agora-sou-heterosexual-mas-quem-sabe-gosto-é-de-experiências!
Espera, acho é que não vou ter sitio pra põr os gajos todos que estarão em lista de espera só pra ver...;);)
ji

micose_ou_mifrita disse...

Eu pertenço a uma classe totalmente diferente, mas que não deixa de ter os seus problemas...

A minha tendência sexual é "jovem-macho-que-em-virtude-de-não-ter-dinheiro-que-chegue-pa-viver-sozinho-vivo-com-a-minha-mana-mas-sou-totalmente-heterosexual-e-tenho-mais-força-na-verga-do-que-possas-imaginar-querida-bora-mas-é-dar-uma-SEXUAL».

Quando esta situação do "vamos para tua casa..." surge, e eu respondo
"ahh, e tal, a minha mana está em casa com mais 3 colegas a fazerem uma festa do pijama"
..
costumo notar uma hesitação da parte dela que vai do "hummm, como seria partilhá-lo com mais duas jovens universitárias..." o que normalmente não acaba mal.

O que me leva a ter noites loucas, e a ter que me arrastar no dia a seguir no trabalho. O que a longo prazo me poderá levar ao desemprego.

As vantagens são várias, nomeadamente o facto de a casa estar muito mais limpa do que uma casa só de homens e o de a minha irmã ser uma optima cozinheira..


PS- Obviamente que a minha mana fica de fora... nestas noites loucas.

Trindade disse...

ah q saudades destes postzitos a la Robene!!!

Robene disse...

Ó micose, é pelas amigas da tua irmã que passo a vida enfiado em tua casa. Achavas que era por ti?