sexta-feira, março 16, 2007

Isto não é uma discoteca!

'As novas orientações da Igreja, em especial da missa, são assinadas esta quarta-feira pelo Papa Bento XVI. Entre as linhas orientadoras estão várias decisões que podem ser polémicas. O excesso nos abraços da paz, as palmas e a música que se toca e canta são algumas das «correcções» que devem ser feitas e que foram apontadas pelo bispo de Roma.
Considera o Papa que a saudação da paz «pode assumir expressos excessivas, suscitando um pouco de confusão na assembleia precisamente antes da comunhão. O gesto deve ser limitado a quem está mais próximo». Bento XVI coloca mesmo a hipótese de colocar este momento noutra parte da missa.
A missa deve ser mais «sóbria» e a música assume um papel fundamental. «É necessário evitar a improvisação genérica ou a introdução de géneros musicais que não respeitem o sentido da liturgia». Baterias, palmas ou guitarras eléctricas podem ter de ficar à porta. Em substituição o canto gregoriano deve ser adoptado.
O pontífice chama ainda a atenção para a importância das idas à igreja. A televisão não cumpre o preceito dominical e ninguém deve dispensar-se de ir à missa. O latim deve também ser mais utilizado na celebração.'


Hum, a ver se percebi: missas em latim, só com canto gregoriano e sem apalpões durante a saudação de paz. Prevejo um aumento de fiéis nas missas, sem dúvida.

4 comentários:

Goncalo Lourenco disse...

Mas porquê...?
Mas porquê é que o meu amigo Bento me obriga a dar-te razão...?

Cantigo gregoriano?
Missas em latim..?
Hummm, "sign me in , Doc"
tsssss

Felizmente acho que Deus não me vai condenar ao Inferno por discordar do senhor Papa.

Se o fizer, encontramo-nos lá os 2, e divertimo-nos por lá na mesma.

Robene disse...

Ai, eu preferia o outro Papa com ar de avôzinho. Este não sei porquê...Tem cara de Hannibal Lecter.

lilith disse...

pois eu concordo plenamente!!!
não vejo qualquer vantagem em ter que beijar meia igreja... a prima, a prima da prima (com uma bigodaça que mais parece o primo), a vizinha da prima que te aperta as bochechas, o padeiro, o carteiro, o cão...

enfim... tendo em conta a população que frequenta a igreja e as suas doenças e microbios inerentes, acho que o sr. papa só está a zelar pela nossa saúde... nossa, quer dizer, de quem lá vai... eu já não... agora só sou amassada e picada por espécimes masculinos... GRAÇAS A DEUS eheh

Robene disse...

Ui, ui...