segunda-feira, novembro 30, 2009

A saga do Crepúsculo

Numa tentativa desesperada para me manter na tona do hype, eu e uns amigos decidimos finalmente dar o braço a torcer e ver o Crepúsculo.
Torna-se difícil engatar miúdas de 15 anos, quando não se viu o raio do filme.
Assim juntámo-nos em minha casa e alugámo-lo.
Crepúsculo conta a história dramática de amor entre um vampiro e uma humana. O drama aqui é não haver sexo entre o dois, sob pena de enquanto o vampiro estar a comer a pachacha da miúda, comer também o pescoço.
Depreende-se assim que deve haver muita masturbação.
Mas isso somos só nós, que tentamos sempre analisar em demasia os filmes.
E se o Crepúsculo parece que afinal é uma saga com mais dois filmes em lista de espera, também nós tivémos a nossa própria saga com o Crepúsculo.
Ainda o genérico não tinha acabado, e duas pessoas estavam já a dormir. Eu próprio tive de mandar bofetadas a mim mesmo para me manter acordado. E por ter gasto 3,5 euros no filme.
Salva-se o facto de haver uma musiquinha de velhos no fim (a.k.a. Radiohead!), e o facto de me parecer que as olheiras estão agora na moda, muito à conta do galã principal.

Comecei já a usar lentes de contacto.

5 comentários:

Naja disse...

Deixa lá amigo Robene... eu tive vontade de me esbofetear 2012 vezes, 3h10min depois de ter entrado na sala do cinema...

micose_ou_mifrita disse...

E também tens uns caninos avantajados.

Queres ver que agora é que isto vai começar a correr bem para ti?


"Vinde a mim, pitas de 15 anos"

Tony disse...

Alugaste o Crepusculo ???? Tb t deixaste contagiar por isso ???
Desiludiste -me..... Mais valia teres alugado "Bunda Comilona" ou Loucas e Selvagens 7".... Sempre eram mais educativos.... lol....

Anónimo disse...

www.lentesdodia.com

xumé disse...

Pertence ao conjunto de filmes que só vou ver se não tiver de pagar e se tiver sido eleito por maioria absoluta. |-)