quarta-feira, julho 22, 2009

Home

A minha casa tem vidros nas janelas que não são limpos desde 2001.
Tem bolor na casa de banho. De vez em quando ligamos a luz da sala e a lâmpada explode.
A janela do meu quarto deixa entrar uma corrente de ar brutal, pelo que tive de mudar a orientação da cama. As paredes estão amarelas do tabaco. A cozinha tem a pia entupida. O frigorífico faz barulhos estranhos.
O exaustor tem gordura do século passado. Literalmente.
Há uma máquina de roupa que não sabemos como funciona. A lareira não se pode acender. O isolamento não existe. Durante quase uma década, os vizinhos conseguiram ouvir todas as minhas conquistas sexuais, que regra geral, eram bastante barulhentas. Há coisa de dois meses caiu um bocado do tecto das escadas do segundo andar. Por sorte só uso elevador.
A minha casa tem um poster velhinho do Trainspotting na parede, todo encarquilhado. Encontro moedas de escudos debaixo do sofá. E centopeias, de vez em quando.
A recepção da televisão é muito má. Roubaram carros do estacionamento.
A minha casa na verdade nunca foi minha, porque o senhorio nunca me passou recibo, e eu podia ter uma fiscalização e denunciá-lo.
Eu estudei nesta casa. Comi línguas de gato ao almoço. Vomitei. Chorei. Dormi. Fodi.
Trouxe amigos e família, pessoas desconhecidas, outras nem por isso.
Conheci amigos, e conheci conhecidos.
Vi filmes como o Padrinho e o Ataque das aranhas assassinas.
Joguei sueca, poker, trivial. E strip poker.
Tive ataques de riso. Tive ataques de asma, tal era o cotão debaixo da cama.
Usei o mesmo edredon durante 6 anos. Esse com manchas.
Fiz flores para o carro, trajei-me, vesti caloiros.
Fumei muito. Bebi ainda mais.


Hoje olhei em volta e disse adeus.
Amanhã começo as arrumações para as mudanças.

Sou mesmo um sentimental de merda, eu sei.

19 comentários:

suspiro de baunilha disse...

Imagino a vida que levaste nessa casa... as recordações ficam pra sempre... agora novo passo!

Margarida disse...

:)

Inês disse...

A parte sentimental só te fica bem... quanto ao cotão....

Apple disse...

Na hora do adeus até a maior porcaria deixa saudades.

Natália Galvão disse...

oh... tão querido!

Agora vê lá mas é se começas a limpar a casa nova e se apertas as crises de flatulencia... muito provavelmente, a tua proxima casa vai ser tua por mais que uma decada e há que manter a boa vizinhança!

Boas mudanças! Boa sorte!

:)

Ana C. disse...

Querido? Fofinho? Sentimental? Mas meninas este xarope é viscoso!!!!
Chorar por uma casa assim? Devias era deitar foguetes.
Ah e conselho de leitora assídua:
Arranja uma sopeira na próxima habitação. Evitas ataques de asma que não vão lá nem com ventilan.

Jorge disse...

Ao menos não tinhas os rins hipotecados ao banco por causa da puta de um crédito à habitação. Se te vais meter num, pois agora é que vai começar a verdadeira loucura! Prepara-te...

Ana. disse...

Suspeito que do bolor e das centopeias não vais ter grande saudade!

;)

vinteetresetrinta disse...

Não sei...
Mas algo me diz que a casa não vai ter saudadinhas nenhumas tuas...

beijo

me i eu disse...

pois é parece que todas as casas de estudante têm a mesma história, as mesmas regras, as mesmas lembranças e deixam as mesmas saudades....

que saudades da minha... mesmo :(

jacare disse...

Deixa lá que não deve demorar muito até a nova ficar parecida com a velha.

Raul e Joel Carvalho disse...

Boa Noite,

Visualizei o seu blog e achei muito interessante e cativante…
Tenho um blog de crítica de vinhos, é sempre bom o seu site também ter este tema, fica mais polivalente, e gostaria de pedir se podia colocar o link do meu site que é muito visitado: http://do-nariz-a-boca.blogspot.com/ no seu blog…
Ficaria muito agradecido.
Se colocar, envie um email para este endereço: pirusas.carvalho@hotmail.com
Abraços

micose_ou_mifrita disse...

Porra, até eu vou ter saudades da tua casa.
Realmente, quantas histórias...
E nunca os novos moradores terão a mínima ideia de tudo o que essa casa viu acontecer.

Este post provocou-me um ataque de nostalgia :-/

Bruno disse...

Será que finalmente vou ter um sitio pa dormir em Coimbra onde não tenha que me gladiar com baratas mutantes por um lugar no chão???
brincadeirinha... :P
Já compraste a minha aerobed???

abraço e até já

Pat disse...

Lembrei-me da guerra de água que lá fizemos numa época de exames... nunca soubeste, mas foi na verdade uma tentativa de a limparmos sem dares conta =) Vai deixar saudades... snif!

Anónimo disse...

já tou com saudades daquele quarto com vidros partidos no chão, da nuvem de fumo na sala, dos móveis da cozinha inicialmente castanhos hoje brancos,das panelas empilhadas, do rato... e de todos os momentos fantastiche que tivemos lá :)
Queres mm mudar de casa? :P

Mia disse...

Fod.-..!! E eu que jantei naquela mesa da sala!!!

Fresh Prince of Bahrain disse...

Vou ter saudades dessa casa. Principalmente da porta da entrada que mal abre!!..tenho que entrar sempre de lado!!!Vamos fazer tudo para que a nova fique o mais rapidamente parecida com a velhinha!... ;P

Libelinha disse...

Xi... ainda agora comecei numa casa novinha e tenho a sensação que vou ter o mesmo sentimentalismo que tu quando sair de lá.. ha que aproveitar portanto para começar ja desde inicio a partir camas(que nem gosto da q la está. demasiado pequena para mim) Boa sorte entao nesse novo inicio de vida