domingo, março 29, 2009

Mesa Posta

Os médicos podem ter viagens pagas ao estrangeiro, plasmas ou cruzeiros. Os farmacêuticos têm formações. E toda a formação é esperada com ansiedade.
Não porque os temas são interessantes. Meu Deus, já fui a formações sobre cogumelos usados em vaginites. Normalmente as salas são aquecidas aos 30ºC, pelo que passados 10 minutos pelo menos 9 farmacêuticos em cada fila de 10 cadeiras estão a dormir. Os brindes incluem canetas, blocos post it e folhetos. O sonho de qualquer coleccionador digno do «coleccionando» dos Gato Fedorento.
Não, a ansiedade é mesmo pelo jantar. O jantar é o ponto alto de cada Formação.
Neste momento tornei-me um mestre na arte de seleccionar muito bem as formações. Temos aquelas em que o jantar é volante. Por muito excitante que possa parecer, não é muito prático no meu caso equilibrar o bacalhau com natas numa mão, o copo de vinho na outra, e o prato de arroz de pato no antebraço. E comer isto tudo a tempo de ser o primeiro a chegar à mesa das sobremesas.
As formações que prometem «Jantar-buffet» são normalmente um flop. O buffet consiste em meia dúzia de rissóis, uns quantos croquetes e uns mini pastéis de nata. E os farmacêuticos são malta sacana, normalmente é muito difícil furar pelo meio da multidão esfaimada para sacar uma chamuça que seja. Aquilo ao princípio é tudo cheio de salamaleques, mas passados 2 minutos estamos a passar rasteiras uns aos outros para ficarmos com o pedaço de quiche maior.
Por isso hoje em dia só vou a jantares super chiques. Daqueles sentado, em lugares snobíssimos como a Quinta das Lágrimas, em que temos empregados a encherem-nos a pança de rosbife vermelhinho e vinho tinto do bom.
E em que efectivamente até como de boca fechada, e tenho tempo de deglutir a última garfada, antes de me levantar a correr para as sobremesas.

11 comentários:

sónia disse...

hehehe Então e não foste ás jornadas da OF em Vila moura? tb tinha jantar com espectáculo!

Ás tantas o espactáculo era o prato vazio...

bjx

Ana C. disse...

Então é isso que a minha familiar farmacêutica vai fazer quando diz com um ar muito importante: Hoje vou a uma formação. Por isso é que ela leva sempre uns tuperweres refundidos. Enganou-me bem. Bitch.

Miguel C. disse...

Estou contigo! Essa coisa de buffet também não me agrada... aliás, quando me dizem que o almoço é "tipo copo dágua" prefiro almoçar num restaurante qualquer e pagar!!

Anónimo disse...

bom post!

Gosto muito do teu blog:)

Continua a boa e engraçada escrita!

****************

micose_ou_mifrita disse...

Aiiii, como tudo isto é cruelmente real...somos tão fáceis de comprar.

Óh Sónia, porque é que achas que ele não foi a Vilamoura?

Porque aí era preciso pagar (para além das já habituais "formações" hiper chatas)

Sónia disse...

micose, concordo plenamente contigo
mas o amigo robene já pertence a outra classe social...casa nova com tdo do bom e melhor!!

essas formações chatas á borlix, com tudo á batatada para conseguir comer o jantar ainda quente, já não é para ele!...

Deixa de ser forreta!!!

Naja disse...

Ah! Qualidade de vida!!!! Eu ando a dar formação a 16 marmajos, 3x por semana e venho para casa cozinhar... ;)

ZaniNE disse...

E não arranjas uns passes para o pessoal que não pertence à indústria farmacêutica? Isso dava um jeitaço!

Beijoquinha.

Nota mental: Lembrar-me de não beber àgua em frente ao pc qdo estiver a ler os posts do Robene!

Comida caseira disse...

E qd a comida desses encontros faz gases?? Olha por falar nisso, sugiro que vejam o blog andreiadaflautulencia.blogspot.com
Está de morrer a rir...

Gonçalves disse...

Há sim senhor, uma corrida desenfreada ás sobremesas, aos croquetes e rissóis nas entradas e muitos parecem ter passado a semana sem comer à espera de tal evento. Mas também há nessas formações os "olhe, repare lá em mim que vou fazer uma pergunta estúpida" e houvem o formador a dizer, "foi isso que acabei de explicar", assim como os fatos de gala de cheiro a bafio em certos jantares...

Anónimo disse...

...please where can I buy a unicorn?