quinta-feira, agosto 21, 2008

The story

Começou num anúncio da Super Bock. Acabo de a ouvir numa reportagem da 2:, servindo de banda sonora ao salto do Nelson Évora. Pelo meio gramei-a no Sudoeste, nas rádios, em casamentos, funerais, centros comerciais, estações de serviço e cafés.
Eu juro que se ouvir mais uma vez a Story da Brandi Carlile, vou de caçadeira para a rua ser notícia da TVI.

4 comentários:

teardrop disse...

Essa música dá-me nervos! Espero que não comece a dar senão tenho que tomar um Victan SL...

Pusissi disse...

Em funerais? Muito gosta você do exagero...vê lá se a Brandi ainda te aparece...CALA-TE BOCA!
ji

Trindade disse...

desconheço a puta, mas já pecebi que é puta...

Anónimo disse...

tou deprimido pelo facto de notar que quase não fazes referencia a mim no teu blog,pensava eu que te havia Pensava que te tinha marcado indelevelmente mas pelos vistos não passo dum grão de areia nesse contínuo de metrosexualidade e paixão por tupperware que é a tua vida..sniff.A propósito,também não suporto essa puta dessa música e o anúncio da superbock parece uma glorificação da geração morangos com açúcar e da imensa rebeldia que pauta a sua vida.É curioso como ninguém naquele anúncio tem barriguinha de cerveja...

Sabes quem sou meu porco punheteiro,sei onde vives,não esqueci o post do Dino...tas fodido!