sexta-feira, dezembro 15, 2006

O doce acordar

Vive no meu prédio uma miúda que tem de andar com uns ferros nas pernas e um andarilho. Realmente não há justiça neste mundo. O raio da miúda acorda-me todos os dias às oito da manhã a arrastar o caralho dos ferros.

5 comentários:

Goncalo Lourenco disse...

AAAAUUuuuuuuccccchhhhh.

Essa foi má demais.
Gozares com os pretos e com os velhos, e com os farmacêuticos prostitutos ainda se admite, agora gozares com a pobre miuda.. tss tss tsss

Este blog devia ter uma comissão de censura!!!

Robene disse...

Robene, sempre a quebrar barreiras!

Mia disse...

És um grande nojo!! E é por isso que gosto de ti! :)

Robene disse...

Obrigado miazinha. Um elogio vindo de ti tem sempre um sabor especial!

arroz de pat disse...

Realmente ñ há justiça...
A miuda ñ podia ter logo ficado numa cadeira de rodas? Sempre era mais silenciosa!!!